terça-feira, 12 de março de 2013
Os olhos: dois. Escuros, jabuticabas ambulantes. Vivas, intensas, se movendo sempre em mil direções. Olhos esses que me marcaram na primeira vez que fixei os olhos neles. Boca, que guarda um sorriso lindo e precioso. Sorriso esse por qual eu lutaria vinte mil vidas e um pouco mais. Sorriso que conquista, até os de longe, aqueles que só viram uma única vez. Boca que transmite também aquela risada alta, cheia de vontade. Risada essa que me tira do buraco todo dia. Risada que me dá vontade de rir também. Que tenho vontade de guardar numa caixinha, pra ouvir sempre que fosse possível.
Pernas. Que não param, que se movem todo o tempo. Correndo atrás de eventos, atrás de orientadoras. Pernas que às vezes ficam de fora, e aparecem lá em casa. Que te levam pra mais perto de mim quando você desce um lance de escadas. Braços. Braços que estão na lista de melhores coisas do mundo, porque eles produzem o melhor abraço do mundo. Aquele abraço apertado, que você sempre sabe quando me dar!
Escrever sobre você é bem difícil, sabia? Porque apesar de passarmos o dia todo juntas, e eu te dizer todos os dias o quanto eu te amo, falar sobre coisas que são possuidoras do nosso coração é uma tarefa quase impossível. Mas estou tentando!
Eu me lembro do dia que nos vimos naquele grupo, e já começamos a chorar. Quando encontro uma companheira de choro, costumo acreditar que vai ser pra vida toda. E vai ser, porque temos planos e metas. E depois, quando eu disse "ah, você leu Sussurro? Eu tenho Crescendo, quer?". E então, pra finalizar: Adamantina. Eu não precisei de muito pra ter a certeza que você teria exatamente esse significado na minha vida hoje! Só nós sabemos o quanto já vivemos juntas. O nosso amor em comum por 10 anos de História Perfeita (HP) ♥, as coisas que gostamos de fazer, nossos gostos em comum. As dificuldades, os choros, as confissões. Só nos sabemos o quanto meu sofá vermelho já aguentou de nossas reclamações, e quantas vezes deixei seu dedo cansado de tanto dedilhar o Cedric. Só nos sabemos como é ter sinceridade o suficiente pra dizer coisas que não se diz pra qualquer um, e como um abraço seguido de suspiro pode ser o melhor remédio para um dia turbulento... Como apelidos em inglês são muito mais legais e waffles não são só coisa dos Humprey! Nós sabemos como é bom ser panda, como é bom rir sem motivo algum e como é bom poder confiar cegamente em alguém!

Li em algum lugar, há muito tempo, que toda pessoa tem no mundo a sua "mesmap", que é uma versão de almas gêmeas para amizade. Não me pergunte quem inventou isso, ou se existem referenciais teóricos. Só sei que faz sentido pra mim! Nós somos uma mesma pessoa, de fato. As nossas semelhanças nos uniram, e as nossas diferenças mantém nossa amizade, que por sinal é uma coisa linda que Deus me deu de presente.
E quando eu vi a postagem de hoje, eu comentei com você "Ann, como vou escrever sobre uma pessoa especial?" e você me deu aquele sorriso maroto, eu confirmei minha escolha naquele segundo, porque entendi que sem esse seu sorriso bobão, meus dias não tem a mesma graça. E que sem o seu abraço de urso, as coisas ficam mais complicadas. Me deu a certeza maluca que viver sem os seus "vou dar na sua cara", eu não sou a Jess. E nem você a Ann.

E eu sem você sou só uma parte, princess. E eu quero ser completa.


EU TE AMO, MUITO!

Um comentário:

  1. Menina! Você quase me fez chorar lembrando da minha amiga-irmã que nem conheço há tanto tempo quanto você conhece a sua e de como temos histórias juntas... Deu vontade de ligar agora para ela e chamá-la para tomar um chopp.

    http://loucuraideal.wordpress.com/2013/03/12/day-12-uma-pessoa-que-e-especial-para-voce/

    ResponderExcluir

Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras... Mas aqui, suas palavras também valem muito, então sinta-se à vontade para prosear com a gente. Críticas, sugestões e dicas de lugares pra comer nhoque sempre são bem vindas!

Obrigada por nos fazer companhia =)

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.