quarta-feira, 29 de maio de 2013
Não aguento mais esperar, creio que paciência não seja meu forte. Passo o dia esperando para te rever, quanto as horas, os minutos e os segundos.... Mas o tempo parece não querer colaborar comigo e nada me acontece. 
Espero e espero logo para olhar em teus olhos e sentir o mundo parar ao nosso redor. Seu abraço é diferente dos demais e o jeito que você fala comigo faz parecer que tudo é mais leve e mais simples. "A vida é simples, nós que a complicamos", você sempre me diz isso e eu insisto em lhe dizer que você está errado. Porém, ao teu lado, essa frase torna-se nosso lema. 
Minhas amigas riem de mim e dizem que não passo de uma boba. Dizem que eu não deveria ser assim, mas ela não percebem que você extrai  o melhor de mim e eu o melhor de você. Passei tanto tempo rezando para conhecer você e você estava ali o tempo todo, que ironia. Mas acontece que você faz tudo diferente e agora que estamos juntos não é mais necessário esconder o que sentimos. 
Finalmente o dia termina e estamos juntos de novo. Você me conta como foi o seu dia, como as pessoas agiram a sua volta e quanto o seu trabalho é complicado as vezes. Eu lhe conto o quanto elas riem de mim e o quanto meu trabalho é maravilhoso. Jantamos e rimos, nem mesmo parece que nos casamos a pouco tempo... Na verdade parece que o "eternamente" para nós não é o suficiente. Mas seja o Deus quiser em nossas vidas, sempre o tem sido. 
Gosto de ver você rir, ainda parecemos um casal de namorados que mal sabe o que quer. Quero que seja sempre assim. É claro que temos nossos altos e baixos, quem não o tem?! Mas estar ao seu lado faz a minha vida mais colorida, faz o meu ser mais leve e a vida não tão confusa. 
Só me abrace e esqueça o mundo lá fora, amanhã é mais um dia, mais um dia esperando pela noite para te ver novamente. 


quarta-feira, 22 de maio de 2013
Hello there!

Ontem conversando com a Jéssica eu mostrei a ela um cover sensacional que fizeram da música Titanium do David Guetta e nos veio a idéia de indicar alguns covers que acabam sendo melhor do que a música original. Na verdade eu e ela somos viciadas em covers e achamos muito simpáticas essas pessoas que tem talento e coragem de gravar tudo e colocar no famoso Youtube! Então, vamos aos covers:














Bem, acho melhor pararmos agora senão ficaremos aqui para sempre. Esperamos que vocês gostem das indicações e caso vocês tenham covers ou gostem de pessoas especificas mandem para nós nos comentários.

Update: Nossa amiga Lauriele acabou de me mostrar esse cover e achei mais do que digno ter um brasileiro aqui no meio e esse é mais do que maravilhoso.

terça-feira, 14 de maio de 2013
Hello Folks!

Bem, acho que nunca falei sobre os filmes que assisto aqui. Na verdade nos ultimo anos eu não tive muitas chances de ver os filmes, então agora que tenho certo tempo para isso estou assistindo alguns filmes lindinhos e achei que vocês talvez fossem gostar de ler algo sobre eles. Bem, o filme que eu acabei de ver foi "The art of getting by" ou "A arte da conquista". Para saber mais sobre o elenco do filme e ler sua sinopse oficial clique aqui


No incio do filme a única certeza  que temos é que Jorge, personagem principal interpretado pelo Freddie Highmore, é  apenas um daqueles meninos que não liga para o mundo e pensa que se vamos morrer mesmo não devemos gastar nosso precioso tempo fazendo lições de casa. O único problema com esse pensamento é que ele está nos últimos meses de seu ultimo ano do ensino médio. 
Me levou um pouco de tempo para entender que na verdade ele era apenas um garoto com um talento artístico imenso, que não tem a presença dos pais em sua vida e que é apaixonado por uma menina de seu colégio. É, agora estou com medo de contar mais sobre o filme e fazer com que vocês já assistam meio que sabendo tudo. Vamos aos pontos altos do filme. 
Pontos altos: a construção dos personagens é realmente fascinante, principalmente do personagem principal, a linha de raciocínio dele é fantástica mesmo quando parece que ele não está preocupado com o futuro dele. Na verdade, creio que o Freddie toma posse de seu personagem e faz um papel incrível. Outro ponto é que essa é uma história simples, aconteceria e acontece com qualquer adolescente dentro ou fora de Nova York e acho que foi isso que realmente me chamou a atenção. O ultimo ponto alto é a fotografia, acho que eu nunca tinha visto Nova York por essa perspectiva e com certeza faz com o filme seja muito melhor. 
Pontos baixos: Acho que o único ponto baixo é que no inicio eu fiquei um tanto confusa sobre os personagens em si e sobre como ele são verdadeiramente. O enredo não me pareceu claro no inicio, mas depois tudo fica muito simples e é difícil não se apaixonar. 
Enfim, realmente gostei desse filme e acho que vale a pena assistir pois ele foi o filme que me fez ter vontade de inserir uma nova tag no blog. E para fechar com um gif bonitinho, fale Freddie: 




P.S: Só para constar, achei o Freddie uma graça nesse filme. Serio, gosto de cara de olhos claros, cabelos escuros e um tanto magricela! 
quinta-feira, 9 de maio de 2013
Quantas vezes já não ouvimos histórias lindas de casais que são felizes até hoje? Eu, em particular conheço muitos casais que tem uma história bonita de se ouvir e tem um amor mais lindo ainda de se ver. Sim, dá vontade de ter algo similar com alguém especial, mas o pior de tudo é a espera. 
Quando cremos que nascemos para alguém e que existe alguém no mundo que foi criada e sonhada para casar conosco é meio que inevitável querer encontrar essa pessoa rápido e permanecer com essa pessoa até o final de nossas vidas. A questão é que algumas pessoas, como eu, como a Jess, com a Lauri, queremos encontrar essa pessoa e ponto. Não queremos ter várias experiências de namoro ou quase namoro antes de encontrar O escolhido. Sei que você deve pensar que sem conhecer outras pessoas é impossível saber lhe dar com a pessoa certa. Pois eu penso exatamente o contrario. 
Já diz minha mãe: "as pessoas não mudam, elas maneiram seu jeito de ser". Sendo assim, quando você começa a se relacionar com alguém, seja amigo ou namorado, você passa a cuidar para que certos hábitos  que podem vir a prejudicar seu relacionamento, não aconteçam mais. A partir do momento em que você tem vários relacionamentos, você acaba "pegando" traços e manias de outras pessoas e tenta aplica-las com as novas pessoas que você irá se relacionar. 
Já nos disse o Apostolo Paulo: 

4         amor é paciente,
amor é prestativo;
não é invejosonão se ostenta,
não se incha de orgulho.
5         Nada faz de inconveniente,
não procura seu próprio interesse,
não se irritanão guarda rancor.
6         Não se alegra com a injustiça,
mas se regozija com a verdade.
7         Tudo desculpatudo crê,
tudo esperatudo suportaCor 13, 4-7
Será muito de minha parte sonhar com um amor assim? Será mesmo que não existe homem algum que possa sentir isso por mim? Eu sinto isso pela minha família e pelos meus amigos mais próximos. Sei que não é fácil viver com alguém quando esse alguém não está bem nem consigo mesmo. Sei que é difícil ter que viver comigo quando não estou bem comigo mesma. Mas "o amor é paciente" e já existe dentro nós, mesmo que não vejamos. 
Eu sigo minha vida, sempre alerta, sempre em oração. E não sinto inveja desses casais e dessa famílias maravilhosas que conheço. Sei que cada um tem os seus problemas e sei que eu terei problemas também! Mas a esperança é a ultima a falecer em meu coração e eu continuarei a esperar e batalhar, sei que no momento certo ele virá, não será em um cavalo branco, mas ele virá e é isso que importa. 
segunda-feira, 6 de maio de 2013
O calor faz com que não queiramos dormir. Com a janela aberta rezamos para que uma brisa leve e fresca sopre nossas cortinas, isso acontece apenas algumas vezes. Faz calor, mas nada que nos sufoque. Uma trilha sonora perfeita faz com que eu não queira que essa noite acabe. 
Há algum tempo eu espero por uma noite assim. Uma noite em que não preciso me preocupar com as milhares de coisas que nos acontece a cada dia. Uma noite em que o mundo aparenta estar parado só para ver o que vai nos acontecer.  O céu, cheio de estrelas, parece, também, estar paralisado sobre nós. Nessas horas eu tenho certeza de que se as estrelas falassem, elas estariam a falar de nós. Até mesmo a lua parece observar cada movimento meu. 
Seus olhos nos meus, é impossível dizer o que sinto nesses momentos. De repente encontro seus braços ao meu redor e o mundo vai sumindo aos poucos. Juro que se eu pudesse não sairia do seu abraço, nunca. E ficamos assim, abraçados, conversando sobre toda a nossa vida. Meu Deus como sinto falta desses momentos. As vezes a correria nos faz perder um pouco do "nós". 
O tempo passa tão devagar e nossa conversa nunca acaba. Paramos de falar apenas quando você decide me beijar, e é em momentos assim que penso que nada mais importa. Nesses momentos vejo que nossos problemas não são problemas tão grandes assim. Percebo que existe algo a mais para se lutar, algo que nos preenche e nos impulsiona para frente. Sempre a frente! 
A noite passa... Sem deixar rastros. A manhã chega, tão morna quanto poderíamos imaginar. Até mesmo parece que estivemos um mês em férias. Seu sorriso me lembra cada momento especial que vivemos. E você continua a insistir que nada fica melhor em mim do meu sorriso. 
Tenho vontade de viajar e de esquecer minhas responsabilidades, pelo menos por esse dia. Respiro fundo e o mundo parece mais colorido ao seu lado. O calor continua a ser daquele tipo gostoso que não nos deixa moles demais. O mundo parece mais brilhante nessa manhã e nenhum problema é capaz de nos abalar. 
E em manhãs assim que penso: 
"Há quem diga que todas as noites são de sonhos.
Mas há também quem garanta que nem todas, só as de verão. No fundo, isto não tem muita importância. O que interessa mesmo não é a noite em si, são os sonhos. Sonhos que o homem sonha sempre, em todos os lugares, em todas as épocas do ano, dormindo ou acordado."
(Sonho de uma Noite de Verão William Shakespeare)