Sobre finais.

Soube do fim de alguns namoros. Umas coisas banais. 
A namorada que traiu, porque cansou das rotinas de casal.
O namorado que não quis mais saber de nada, mudou de cidade e largou tudo pra trás. 
O casal que se ama mas não consegue mais se olhar. 
A namorada que não entende como o namorado não precisa tanto de sexo.
Sexo cara. 


Sexo foi o fim de um relacionamento que ouvi dizer que duraria. Que iria até o fim. Pra que amor? Pra que cumplicidade? 
As pessoas são tão ligadas em conexões corporais que quando se torna “comum”, ou quando o sexo não é constante, é razão pra terminar.
Conexões. 
Elas podem ser maiores que isso. Mas ninguém mais quer conectar a alma. 
Só o corpo.
E aí, como tudo que é carnal: morre. 




(essa sou eu, tentando lidar com as inspirações/revoltas da madrugada. Tô de volta).

Comentários

  1. Nossa! amei esse post! as relações estão ficando mais superficiais e uma relação não é baseada só na necessidade do corpo tem que haver conexão com o coração, com a essência... muito bom!^^

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras... Mas aqui, suas palavras também valem muito, então sinta-se à vontade para prosear com a gente. Críticas, sugestões e dicas de lugares pra comer nhoque sempre são bem vindas!

Obrigada por nos fazer companhia =)

Postagens mais visitadas deste blog

Curtas para adoçarem o coração.

Cara nova!