Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

I miss all this.

Imagem
Eu sinto falta da sua risada, das nossas risadas. Sinto falta das nossas conversas a meia-noite, dos nosso segredos. Por que será que sinto falta de algo que nunca foi verdade? Você nunca foi sincero de verdade.  Sinto falta dos nosso segredos, do mistério que nos envolvia. Sinto falta das duvidas, dos planos. E agora tudo tornou-se frio, você é frio. Como eu nunca percebi? Como fui burra ao ponto de não notar que fui apenas um brinquedo em suas mãos? Você é daqueles que, com tantos brinquedos no mundo, prefere brincar com aquele que mais se machuca, com aquele que é mais difícil de concertar. E, infelizmente, quem sai quebrada dessa brincadeira de mal gosto fui eu e meu coração que, hoje, se encontra em mau funcionamento. Porém, estúpida sou eu que me importo com o que você pensa, com o que você faz ou deixa de fazer. Estúpida sou eu, por pensar que ainda existe a chance de um dia você voltar para mim!

O que me falta.

Imagem
E nesse momento penso que o me falta é aquele abraço, aquela risada, o momento, o tempo, o sorriso, o cheiro, o carinho, o sentimento, é você.  Depois de dias pensando, sentindo esse vazio dentro de mim e sem mesmo desconfiar que a causa era você. Sem parar para pensa, simplesmente a viver e correr. Senti falta de você. Senti falta de cada momento junto, de cada mínima coisa que você mesmo me disse que no momento certo fariam a maior diferença em nosso passado.  Você costumava dizer que éramos únicos, que éramos diferentes e eu, inocente em minha pequenez, não notei que cada palavra era verdadeira e sincera, dita de um coração diretamente para o outro. Eu me acomodei em você, e pensei que essa distancia não seria complicada de lidar. Porém ao acordar hoje e lembrar que não te veria foi o que acabou com o meu dia. Sem você aqui o céu parece cinzento, as nuvens aparentam cobrir o sol, as flores parecem adormecidas e sem perfume e tudo ao meu redor parece sem sentido.  Quando você volta…

Descobre-se.

Imagem
Depois de um tempo descobre-se que não há mais tempo para fazer aquilo que acalma o coração. Logo após um longo período, fica claro o que os adultos querem dizer quando falam que 24h é pouco para um dia só. Hoje percebi que não sou mais uma criança e que, as vezes, nem mesmo penso como uma. Embora, em meu coração, ainda bata aquele sentimento puro que existe no coração de cada criança.  Sinto falta da inocência, tento ao máximo me apegar a ela, mas assim que se perde um pouco torna-se complicado não perdem o restante. Tudo requer um pouco mais de vontade, de perseverança. Tudo torna-se mais complicado assim, mais complicado a medida em que é necessário mais do que o expontaneo para ter-se o que deseja. As pessoas passam a exigir mais dos outros, você acaba exigindo mais de você e do que você é capaz. O tempo torna-se insuficiente para o que você pensa que precisa fazer e para o que você realmente deve fazer.  As vezes penso que tudo não passa de um belo disperdicio e que devíamos viv…