quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011
As vezes, penso que penso demais em minha vida e no que acontece ao redor dela. Acho que é uma conseqüência para todo escritor, pensar muito. Gostaria que houvesse um botão logo abaixo de minha orelha e que com ele eu pudesse desligar esse turbilhão de palavras que vivem a dançar, cantar e se misturar em minha mente. Mas ao mesmo tempo, gosto de ter esse botão. Gosto de ter pensamentos e palavras correndo solto em minha mente a uma velocidade alucinante.
P.S: Não sou escritora, sou bibliotecária.

Um comentário:

  1. E pior que é isso mesmo: palavras aqui, pensamentos ali, palavra do lado de lá, pensamentos para cá... e nunca para! hahaha
    Beijo, querida.

    ResponderExcluir

Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras... Mas aqui, suas palavras também valem muito, então sinta-se à vontade para prosear com a gente. Críticas, sugestões e dicas de lugares pra comer nhoque sempre são bem vindas!

Obrigada por nos fazer companhia =)

Tecnologia do Blogger.