sábado, 22 de janeiro de 2011
Difícil dizer se o que sinto é real ou platônico. Não sei se um dia vou encontrar você ou se minha paranóia se tornou tão grande a ponto de invadir meus sonhos. Espero que nada disso seja mentira e que você exista e esteja procurando por mim em algum lugar desse mundo maluco em que vivemos. 
Espero que quando você me encontre não me julgue pela aparência ou pela falta de palavras. Saiba que meu coração encerra o mais profundo amor que ainda não se encantou por ninguém que tenha cruzado meu caminho nessa vida. Saiba que minha mente guarda palavras e segredos que nem mesmo eu entendo. Quero me entenda como sou: feliz e triste, amavél e detestavél, sincera e simpática, preocupada e totalmente despreocupada. 
Não sei se irei te amar assim que te ver, sei que dependerei de você como uma planta depende do sol e da chuva para crescer. Por favor não deixe que isso me aconteça,não saberei lidar com essa emoção. Porém não quero que você controle tudo, deixe o rumo das coisas ao destino e que eu possa mandar as vezes. Não gosto de obedecer, mas adoro ser contrariada. Sei que é difícil de compreender, mas se você não for só um sonho meu tenho certeza de que se dará bem!


Um comentário:

  1. O que ao nossos olhos parece impossível, aos olhos do outro pode ser mais do que um desejo!
    Beijo, querida.

    ResponderExcluir

Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras... Mas aqui, suas palavras também valem muito, então sinta-se à vontade para prosear com a gente. Críticas, sugestões e dicas de lugares pra comer nhoque sempre são bem vindas!

Obrigada por nos fazer companhia =)

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.