domingo, 6 de outubro de 2013
Essa é uma carta à todos os meus antigos amores - pros que sabem da minha existência, e pros que não sabem também!
Por vocês, eu já deixei de escutar músicas, frequentar lugares e usar alguma peça de roupa. Eu sempre tive a sensação de que havia partes de vocês em todos os lugares. Tinha uma agonia de pensar em vocês e pensar no que eu chamava de amor (que irei carinhosamente chamar de POÇÃO A). E claro, boa parte de vocês nem sabe disso. Aliás, vocês estão ai curtindo muito bem aquelas músicas que já foram "nossas músicas", e até dedicando elas pra outras pessoas. E eu? Bom, até então, estava aqui, correndo na direção oposta.
E eu não culpo ninguém, não é mesmo? Eu só me infectei com a tal Poção A, e as coisas que acontecem depois disso costumam nos deixar com cara de tacho por ai. E isso inclui chorar com muitos filmes românticos, por mil motivos - principalmente por causa de alguma música na trilha sonora. E por momentos que a gente sempre sonha em viver, e que não acontecem - a não ser que você seja a protagonista do filme.

 
Aliás, esse filme/livro sofreu, escondido na estante, com medo de ser encontrado por minhas lágrimas e palavras de fúria.

Fiquei tempos sem ouvir a trilha sonora de muitos filmes. E fiquei muito tempo sem escutar More Than Words, confesso. E confesso também que fiquei morrendo de medo de encontrar qualquer indício de Poção A nas pessoas que tenho conhecido. Ou talvez eu tenha medo de encontrar um pouco de cada um de vocês. O jeito de jogar o cabelo, ou talvez um "momô linda", um sotaque... Medo de encontrar qualquer gosto parecido, qualquer cheiro. Qualquer indício do que já passou.
Descobri que fiquei muito, muito tempo mesmo, vivendo de passado. E não do passado bom, porque se eu pensasse nas coisas legais, eu conseguiria reviver isso de maneira fácil. Não, eu lembrava das coisas ruins, e isso fez com o que o amor tivesse uma má reputação pra mim. 
Comecei a me afastar da ideia de amor romântico, e bem, graças à isso minhas notas subiram muito (muito mesmo, obrigada), mas fiquei sem minhas músicas, sonhos e filmes românticos. E qual foi mundo, EU GOSTO DE FILMES ROMÂNTICOS! EU QUERO A POÇÃO A, ME BANHANDO E TOMANDO CONTA DA MINHA VIDA!
Então, queridos amores passados, eu tenho um recado pra vocês todos: podem se retirar, por favor. Levem as coisas ruins que aconteceram, e podem levar as boas também - usem-nas com outras pessoas, não tem problema. Mas vocês precisam sair, meu coração cansou da bagunça toda, preciso ajeitar a casa para que poção A possa ser derramada. E se não for pedir demais, POR FAVOR, DEIXEM AS MINHAS MÚSICAS EM PAZ. Eu preciso mais delas do que da lembrança de vocês. 
Espero ter sido clara. 
Atenciosamente, 

Jéssica. Apaixonada por todas as músicas das relações antigas. 
Principalmente essas duas: 











0 comentários:

Tecnologia do Blogger.