quarta-feira, 23 de outubro de 2013



Vi essa imagem hoje, passeando pelo facebook, e resolvi criar algo melhor que minhas expectativas: vou criar um texto, que sempre funcionou melhor pra mim. 
Já criei muitos gatos na vida. Na verdade, já escrevi um texto sobre isso aqui e bem, criar gatos não me ajudou com isso de não criar expectativas. Aliás, crio expectativa desde sempre. É a história da minha vida, fadada a me decepcionar com alguma dessas "esperanças". 
Eu crio expectativa em coisas vazias, sem retorno. Por exemplo: criei expectativa que um dia seria dançarina do É o tchan. O grupo acabou (?) e eles nem conheceram meu talento. Outra coisa: eu queria ir pra Júpiter - não me julguem. É o planeta que começa com a mesma letra do meu nome, e poxa. Júpiter é legal cara. Tem várias luas e tudo o mais. Nem preciso dizer que foi em vão, né? 
Eu era apaixonada pelo Caleb (vocês não?) e cara... Ele nunca saiu do desenho para me amar de volta. O mesmo aconteceu com o Kakashi. Expectativas igual corações quebrados.
Criei expectativa que faria uma faculdade que sempre sonhei. Já me via, trabalhando com isso, PAPEL, CANETA, PENSAMENTOS. Seria uma ótima jornalista. Ou quem sabe, uma fotojornalista de sucesso... Mas cá estou eu, em Marília, no terceiro ano de arquivologia. 
E bem, também cometo aquele erro de sempre e de todos. Criamos expectativas e esperamos demais das pessoas. Do que sentem, do que pensam... E já diria o Projota, "a gente nem comanda a gente, muito menos outra pessoa", e é fato. Minha expectativa desfeita mais recente - e verdadeiramente a mais dolorida - é cair na real sobre o mundo e sobre quem vive nele. Renato já manifestou essa mesma desilusão, quando cantou "e acreditar que o mundo é perfeito, e todas as pessoas são felizes..." Em vez de criar unicórnios, minions, gatos ou qualquer coisa, apenas sonhei com o mundo perfeito - mundo esse que me permitia ser essa Jéssica.
Bom. Estou aceitando gatos, minions. E um unicórnio. Na falta de todos eles, eu tô criando coragem agora. Minhas expectativas agora são unicamente dAquele que me fez pra ser feliz. Pra ser livre e feliz.




"Quem me dera ao menos uma vez
Provar que quem tem mais do que precisa ter
Quase sempre se convence que não tem o bastante
Fala demais por não ter nada a dizer"


PS: estou aceitando mesmo doações de gatos, minions e um unicórnio, fechou?








2 comentários:

  1. Não tenho unicórnios ou minions, chegar perto de gatos ferra com minha alergia, mas posso lhe dar canecas para tomar água, chá, café, fazer cup cakes, ou simplesmente colocar leite e mergulhar uma suculenta bolacha Negresco. ^_^

    ResponderExcluir
  2. Você é uma coisa linda. Já me deu a primeira caneca, pode me dar uma coleção. <3

    ResponderExcluir

Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras... Mas aqui, suas palavras também valem muito, então sinta-se à vontade para prosear com a gente. Críticas, sugestões e dicas de lugares pra comer nhoque sempre são bem vindas!

Obrigada por nos fazer companhia =)

Tecnologia do Blogger.