Lost in fantasy

Livros e amor são coisas similares. São poucos os livros que não contem um pouco de romance, pelo menos um pouquinho. Pois devo dizer que sou viciada neles. Como sei que sou viciada? Simples, quando começo não paro até terminar. Pode parecer estranho, mas minha vida é movida por livros. Não creio que haja sensação tão boa quanto essa. 
Gosto de viver o livro ao seu máximo. Muitas pessoas não entendem o porque fico tanto em casa quando tenho tempo livre. Mas a verdade é que não estou em  casa, eu estou Hogwarts, na Terra Média, em um dos 7 mares, em Panem, na Unicorp, em alguma praia nos Estados Unidos, em alguma época distante em uma vila brasileira, na St. Vlad e em qualquer lugar que eu possa querer estar. É fascinante. 
E sabe o que é mais fascinante do que isso? É poder sentir o que elas sentem. Suas angustias, suas alegrias, seus medos e tensões. De repente eu estou nos braços dele e em seu olhar vejo todo o amor que ele diz sentir por mim. Quando menos espero estou a liderar essa batalha e tenho em mim a certeza da vitória. E quando o mundo parece estar para acabar não sou mais Ana, sou Katiniss, sou Hermione, sou América e não tenho mais certeza se estou aqui ou lá. 
Quando acaba, parece que algo em mim acabou. Sofro de ressaca e nada preenche minha mente, pois ela ainda viaja em nossa ultima aventura. Tudo me lembra o que li, seja uma camiseta roxa ou uma laranja. Tudo ao meu redor me lembra palavras que viajam das páginas para minha mente tão avida para receber mais um pouco daquilo que nos permite viajar sem sair do lugar. 
Acho que preciso correr agora, tenho mais uma aventura pela frente e até o anoitecer serei apenas o que a história disser que sou. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Curtas para adoçarem o coração.

Cara nova!