quarta-feira, 23 de março de 2011
Minha boca se abre em um sorriso, tudo a minha volta desaparece e eu sinto que não há mais nada além de mim e de você naquele momento.  Incrível dizer isso sem ao menos ter te visto alguma vez, estranho estar assim por uma pessoa que me maravilha a cada palavra dita e a cada sorriso desenhado por esses teclados  que não desgrudam de nossos dedos no momento em que nos “vemos”.
Quem me dera poder passar horas e horas a fio só com você, só conversando com você. Quem me dera poder sair daqui e ir para perto de você, mas é complicado porque não me sinto distante de você em maneira alguma.  E você? Sente-se assim quando conversa comigo? Não, não me importo com isso, por enquanto sou feliz em saber que você gosta de mim pelo o que sou  ou que, pelo menos,  você gosta de conversar comigo. Isso me basta.
Gostaria de dizer mais sobre o que sinto,  gosto do que eu sinto.  Mas as palavras me faltam em momentos assim, espero que você entenda.

0 comentários:

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.