Almost is never Enough

Eu preciso te dizer, algo que há muito se mantem aqui em mim. Preciso dizer coisas que meus lábios não conseguem pronunciar. Tenho medo, medo do que sinto e medo do que você pode me dizer. Não consigo olhar em seus olhos, mas ao mesmo tempo não consigo deixar de olhar para eles. São tão lindos.
E ainda digo, esse tempo que passamos juntos nunca é o bastante. Seus braços em torno de mim nunca é o suficiente. Acho que estou me apaixonando, mas ainda acho que não é o suficiente para te dizer o que sinto. 
Minhas mãos tremem e meu coração dispara quando você chega. Sinto que vou desmaiar, mas me sinto mais viva quando você está ao meu lado. Ainda sim, creio que não é o suficiente para dizer o quanto eu me sinto bem quando estou com você. Quero seus abraços, seus beijos, sua voz cantando e dizendo coisas que me fazem rir, mesmo quando as lágrimas insistem em sair dos meus olhos. 
O mundo parece não rodar da maneira certa, o universo parece parar e olhar para nós nos momentos em que estamos juntos, nos momentos em que você olha para mim e sorri daquele jeito que só você sabe! 
Ainda acho que ainda não é suficiente, nenhum tempo que passamos juntos não é suficiente! Eu penso em todo o tempo que temos pela frente, sinto que o mundo pode desabar a cada segundo. Penso em todos os problemas que podem nos acontecer, porém você vem e me lembra que devemos dar um passo de cada vez. 
Ah, se desde o inicio eu soubesse que você sentia por mim o mesmo que eu sinto por você. Se eu soubesse com certeza minha vida seria menos complicada, eu teria menos problemas e meu passado seria muito mais feliz. Porém agora, quase não é mais o suficiente. 
Sinto que me apaixono por você a cada vez mais. Cada vez mais próxima do seu coração e você mais próximo do meu. Cada sorriso compensa cada lágrima e cada  abraço afasta cada dor que um dia minha alma sentiu. Quero o seu coração mais perto do meu, quero ter o seu nome, assim como você tem o meu coração. 






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A cada minuto.

Curtas para adoçarem o coração.