Sometimes

As vezes eu penso que ainda sou uma criança. Penso que não deveria carregar tantas preocupações e, definitivamente, não deveria carregar essa expressão cansada durante tanto tempo. As vezes penso que sou mais inteligente do que aparento, penso que sou mais forte do que aparento. Não sou nada! 
As vezes, penso que só por pouco tempo eu deveria me divertir mais. Penso que eu deveria aproveitar mais da minha vida e não deveria a deixar por meus olhos de modo tão expresso. Mas o que será de mim se eu desistir de tudo agora? O que será de meu futuro se eu não cuidar de mim agora? 
Ai como anseio por envelhecer logo para desfrutar de uma boa velhice, quem sabe ter alguém para envelhecer comigo, alguém para estar ao meu lado durante o resto de minha vida. Como anseio por voltar a minha infância para poder dançar em qualquer lugar ao som de qualquer música. 
Venho caminhando com aquela sensação de liberdade, aquela vontade de sair por aí gritando e dançando. Tenho aquela vontade de cantar na rua sem me preocupar com quem está assistindo. Quero aquela paz e a aquela felicidade no meu coração e no coração de todos ao meu redor. Essa felicidade preenche meu coração e me faz ser quem sou. 
As vezes, vale a pena deixar seu coração falar e agir por você. As vezes, a vida é mais bela do que julgamos!


Comentários

Postar um comentário

Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras... Mas aqui, suas palavras também valem muito, então sinta-se à vontade para prosear com a gente. Críticas, sugestões e dicas de lugares pra comer nhoque sempre são bem vindas!

Obrigada por nos fazer companhia =)

Postagens mais visitadas deste blog

Curtas para adoçarem o coração.

Cara nova!