Ser diferente.

Sou diferente da maioria das pessoas, aprendi com o passar dos tempos não ter medo de dizer isso. Ser diferente é o que te faz especial. Não é necessário gostar de coisas fúteis só porque pessoas que andam com você gostam. É desnecessário parar de fazer o que você  gosta porque uma pessoa quer que você pare. 
Eu não sou a maioria, e não acho que ter 18 anos e poder beber o quanto que quiser. Pelo contrario, ter 18 anos é ter responsabilidade e maturidade suficiente para responder a seus próprios actos. Ser maior de idade, é ter o poder de suas decisões em suas mãos. É saber e compreender que cada acção gera uma reacção, e que você deve tomar cuidado com isso.  
Ás vezes, nem mesmo parece que tenho 18 anos. Parece que tudo é uma grande mentira e que ainda sou uma criança. Outras vezes percebo que sou dona de meu próprio nariz, e que tenho um dever para comigo mesma. E que cada decisão que eu tomar pode ter consequencias terríveis. 
É, esse é mais um dos milhares de motivos pela qual amo ser diferente. Sou teimosa, arteira, difícil de lidar, autoritária, ciumenta, louca, inconstante, bipolar e tenho tantos outros defeito que seria capaz de preencher um livro com elas. Porém conheço pessoas que me amam pelo o que sou, e sei que não vale a pena mudar só por sua causa. 
Sou diferente de você e se você não pode lidar com isso, paciência.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Curtas para adoçarem o coração.

Cara nova!