Quanto tempo!

Há quanto não venho aqui para simplesmente escrever? Creio, até, que vocês meus leitores e amigos não vem mais ao blog. Sinto muito! Minha vida anda uma bagunça, eu não consigo pensar direito em nada. Porém não pensem vocês que eu não escrevo mais, pois eu escrevo.
Eu tenho um segundo blog, caso vocês não saibam. Ele é muito bonito e tudo mais. Ele chama-se Pensando em nada, não tem sentido assim como eu não tenho sentido agora. Para vê-lo clique aqui. Sou muito sincera lá, sou mais sincera nele do que aqui. Estranho né?!
Vamos ao que interessa... Estive pensando: as pessoas mudam, mesmo que eu não queira. E quando elas não mudam para mim é estranho. Como posso ser tão contraditaria comigo mesma? Não sei! Acho que todos são assim. Depois que vim morar em Marília a minha vida tem sido outra, aqui eu pude afirmar e modificar coisas que gosto e que não gosto. Devo dizer que algumas coisas ainda me deixam muito brava, porém outras já não me causam aversão como antes. 
Ir para a Faculdade me mostrou que meus pais e meus amigos nem sempre serão os mesmos. No caso dos meus amigos, eu percebi que servi de ponto de partida para sonhos deles, mesmo que seus sonhos me causem grande angustia, percebi que, talvez, eles precisem tanto disso quanto eu um dia precisei. Aqui, vi que tenho que deixar as pessoas que eu amo se aventurarem, pois elas mesmas me incentivaram a fazer o mesmo!
Tudo é tão confuso! Quero e não quero fazer o que estou prestes a fazer, porém, sinto que preciso disso. Agora é mais um passo em direção ao desconhecido, mais um passo em direção ao que pode ser a ruína ou o sucesso no meu futuro.
Desculpe parecer tão confusa, mas agora sei que todas as pessoas o são. Então não vou mais esconder isso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Curtas para adoçarem o coração.

Cara nova!