Decepção

Oi
Tudo bem com você?
Bom, esse texto começa ontem para ser sincera. Ontem eu fui a São Paulo fazer a prova da Usp pela primeira vez, sim eu queria muito passar(pelo menos da primeira fase). É eu queria. Eu não estava nervosa nem nada antes da prova, poxa eu fiz uma prova pra Unesp há algumas poucas semanas e eu tenho certeza de que passei para a 2º fase, mas na hora em que eu conferi o gabarito senti a maior decepção da minha vida. Eu acerte só 35 questões das 90. Eu me sento a pessoa mais burra da face da terra. Porém eu percebi que essa minha frustração não está somente focada no meu fracasso absoluto de ontem, minha frustração engloba tudo e todos a minha volta.
Hoje eu parei e pensei que eu realmente quero passar na Unesp, eu quero ir para Marília. Eu sei que é longe, sei que ficarei sem ver a minha familia (quando digo família, digo todos os que eu amo). Mas lá talvez eu conheça pessoas que me saibam que eu realmente sou. Nesse fim de ano eu comecei a ver quais pessoas pensam parecido comigo, e descobri que quase ninguém me entende. Por exemplo: eu quero entrar para a faculdade pelos motivos descritos acima certo? Mas algumas "amigas" minhas só querem passar para provar para fulano e Beltrano que ela pode e mimimi... Para mim esses motivos não são validos. Na vida eu aprendi que não tenho que provar nada a ninguém, por mais difícil que seja. Eu já levei na cara (literalmente) só pelo fato de querer me vingar daqueles que me fizeram mal algum dia, e essa atitude não me levou a nada. Eu já desejei mal para tantas pessoas, e isso não me fez mais feliz ou melhor que elas, pelo contrario penso até que, naquela época, eu me tornei igual ou próximo delas.
Enfim, não quero mais ouvir pessoas assim. Eu quero ir para Marília, conhecer pessoas novas, deve existir alguém em algum lugar desse mundo que me entenda. Mas eu também queria poder levar a Raquel, a Pamella, a Amanda, A dona Marione e todos os que entendam um pouco do que eu falo. Não preciso provar para ninguém do que eu sou capaz, existem pessoas que acreditam em mim, basta apenas acreditar nelas e em mim.
Não preciso da USP para ser feliz, eu vou para Unesp e vou ser muito feliz (ou não).
No fundo, agora, em mim, só resta a decepção com o resto do mundo.
Obs: as frases da imagem não tem nada há ver com o texto, mas é muito bonito.

XOXO da @annaconstantino

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A cada minuto.

Curtas para adoçarem o coração.