Elas...

Elas me acolhem Como o céu acolhe o sol A cada manhã Seja ela de outono ou inverno. Elas me chamam Como um bolo de cenoura Convida a cobertura de chocolate Para a festa. Eu não consigo dizer não Eu não posso evitar É como se eu estivesse enfeitiçada Eu não posso dar as costas. É como um droga Meu sangue precisa delas e elas precisam do meu sangue.

Comentários

Postar um comentário

Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras... Mas aqui, suas palavras também valem muito, então sinta-se à vontade para prosear com a gente. Críticas, sugestões e dicas de lugares pra comer nhoque sempre são bem vindas!

Obrigada por nos fazer companhia =)

Postagens mais visitadas deste blog

A cada minuto.

Curtas para adoçarem o coração.