sábado, 20 de agosto de 2011
Abro meus olhos e não sei o que estou ouvindo ao certo. Há uma grande movimentação em volta de mim e tudo é muito confuso por conta da música e do barulho. Minha mente parece totalmente fora de sintonia, não há espaço para mim e meus pensamentos, não há espaço para o som e o silêncio que brigam dentro mim. Não compreendo esse conflito, as vezes vejo um momento de paz e de repente tudo aparece. 
Olho para fora e tudo parece calmo novamente. Tento ao máximo aproveitar a calmaria, pois não sei até quando as coisas serão assim.O vento bate no meu rosto e leva minhas preocupações embora de mim, enxergo melhor quem está a minha volta e o que elas pensam. Meus pensamentos são mais felizes e tudo é mais do que paz e silêncio. 
Quando creio que estou bem e não serei mais abalada o barulho volta pior do que antes, parece até que ele é capaz de me enlouquecer. É terrível, não me deixar ver o que acontece a minha volta. Me deixa tonta, enjoada. Não consigo pensar assim, tudo desmorona  e sinto como se estivesse sendo sugada para um poço fundo, escuro e sem luz alguma. 
O mundo é uma completa bagunça, mas existem momentos de silêncio que devemos aproveitar. 


0 comentários: